Cotas para quem? cara pálida

Parece brincadeira, mas não é, segundo o site MSM, o  Sistema de Seleção Unificada (Sisu) deste ano, exige notas tão altas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para cotistas de escola pública (EP) e raciais (PPI) ingressarem na Universidade de São Paulo (USP) que, em alguns casos, fizeram que houvesse menos candidatos inscritos do que vagas oferecidas. O que por sua vez acabou fazendo com que as vagas destinadas aos cotistas acabassem não sendo preenchidas

Segundo o site de notícias ‘G1’, dos 170 cursos com vagas ofertadas, Muitos pediram notas mínimas de 800 pontos, 59 exigiam nota mínima de 600 pontos em pelo menos uma das provas. Cinco deles ficaram sem notas de corte parcial porque, segundo o Sisu, não havia número suficiente de candidatos para que o cálculo fosse feito.

Este foi o caso do tão disputado curso de medicina no campus da USP nas Clínicas, com sua primeira participação no Sisu. Ao serem procurados pelos site de noticiais, a assessoria de imprensa da universidade explicou que cada faculdade ou instituto da USP tem liberdade para definir as notas mínimas exigidas no Sisu. Ainda de acordo com a instituição, as vagas reservadas para cotistas no Sisu que não forem preenchidas pela seleção do MEC serão ocupadas por candidatos da Fuvest que atendam aos requisitos das cotas.

No site do G1, cujo link está no Saber Mais deste meu post, ainda pode se encontrar alguns casos de alunos cotistas que que não conseguiram se inscrever no SISU, como no caso de uma aluno que  mesmo com  a nota de 748,6 e ficou de fora da chance de lutar por uma vaga.

Ora estas,

O objetivo é que 37% dos calouros da USP de 2018 sejam oriundos de escola pública, sendo um terço deles autodeclarados pretos, pardos e indígenas. Se as vagas forem ocupadas por Pretos, pardos e oriundos de Escola Publica, menos mal. O problema é que as provas da FUVEST 2018 já ocorreram ano passado. Logo, ao colocarem uma alta nota de corte no SISU, tais faculdades, limaram os sonhos de milhares de estudantes cotistas que esperavam pelo ENEM como única porta de acesso ao Nível Superior.

Esperamos que tais faculdades revejam esta posição a fim de não prejudicarem tanto aqueles que, por algum motivo, não participaram do FUVEST.

Saiba Mais em:

https://www.msn.com/pt-br/noticias/educacao/estudantes-cotistas-n%c3%a3o-conseguem-acesso-a-cursos-da-usp-pelo-sisu/ar-BBIkuQo?li=AAggNbi

https://g1.globo.com/educacao/noticia/com-notas-minimas-de-ate-800-pontos-cursos-da-usp-no-sisu-ficam-fora-do-acesso-de-estudantes-cotistas.ghtml

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s