A mensagem do profeta Ezequiel

Então ele me disse: “Profetize a estes ossos e diga-lhes: Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor! Assim diz o Soberano, o Senhor, a estes ossos: Farei um espírito entrar em vocês, e vocês terão vida. Porei tendões em vocês e farei aparecer carne sobre vocês e os cobrirei com pele; porei um espírito em vocês, e vocês terão vida. Então vocês saberão que eu sou o Senhor.”

– Ezequiel 37:4-6

Ezequiel era um profeta judeu que morava na Babilônia. Certo dia, ele teve uma visão em que Deus o levou a um vale cheio de ossos muito secos. Então Deus lhe perguntou se era possível aqueles ossos voltarem à vida. Ezequiel não sabia a resposta, mas Deus ordenou que ele profetizasse vida sobre os ossos.

Obediente, Ezequiel profetizou sobre os ossos e uma coisa incrível aconteceu. Os ossos se juntaram e os músculos, os tendões e a pele voltaram a aparecer sobre eles! Já não eram só um monte de ossos. Eram corpos humanos, inteiros e restaurados.

Só havia um problema: não estavam vivos. Então Deus mandou Ezequiel profetizar outra vez sobre eles. Ezequiel obedeceu e os corpos receberam espírito e ficaram vivos. Agora à sua frente estava um grande exército de pé! O impossível tinha acontecido. O milagre estava completo.

Os ossos secos – a nação de Israel

Deus explicou a Ezequiel que os ossos secos representavam a nação de Israel. Depois de muitos anos de desobediência, Deus tinha castigado os israelitas, entregando-os nas mãos de seus inimigos. A cidade de Jerusalém tinha sido arrasada, o templo estava em ruínas e o povo tinha sido deportado para a Babilônia.

Tudo isso era fruto do pecado. O povo de Israel tinha abandonado a Deus para seguir falsos deuses e tinha se dedicado a praticar coisas que eram erradas. Como não se arrependeram, nem mudado de vida, receberam o castigo que mereciam. Agora, diante da devastação, eles reconheceram seus erros, mas perderam a esperança. A escravidão era sua nova realidade e eles se sentiam mortos, como ossos secos. Era o fim.

O grande propósito da mensagem profética do profeta Ezequiel era incentivar os judeus exilados a permanecerem fiéis a Deus, confiando que Ele iria cumprir a sua promessa de restauração. Deus haveria de conduzir a nação novamente à sua terra de origem. Ele traria novamente os tempos de glória para o Templo e para Jerusalém. Isso aconteceria após o fim do julgamento divino sobre os judeus. Esse julgamento era evidenciado pelas provações e destruições advindas pela ocasião do cativeiro.

O profeta Ezequiel anunciou o julgamento sobre Jerusalém (Ezequiel 1-24). Ele também anunciou o julgamento divino sobre as nações estrangeiras (Ezequiel 25-32). Também profetizou, após a destruição da cidade, a restauração e a misericórdia para o futuro. As profecias de Ezequiel sobre a restauração da casa de Davi são cumpridas plenamente apenas em Cristo (Ezequiel 37:24).

Se este texto te foi útil, compartilhe com alguém, dê uma estrelinha e assine pra receber mais notificações.

Avaliação: 1 de 5.

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s