OS QUATRO TIPOS DE TEMPERAMENTOS

Temperamento é um aspecto da personalidade que aponta as particularidades do comportamento humano. Cada ser humano desenvolve sua personalidade por características genéticas, o meio ao qual estão inseridos e as experiências vividas no meio social e familiar que influenciarão ao longo de sua vida. A fisiologia do indivíduo ajuda a formar sua personalidade, por conta da liberação de algumas substâncias que podem ocasionar certos comportamentos. Entretanto, é importante ressaltar que o papel biológico na produção da personalidade é apenas um dos fatores que o fazem, ou seja, a personalidade é formada através de um processo muito mais amplo do que apenas a composição química de um sujeito. Ele sofre influência do caráter e do temperamento.

Cada ser humano possui um temperamento e existem quatro tipos de temperamentos principais embasado por Hipócrates por volta de 400 a.C. que são: Sanguíneo, Fleumático, Colérico e o Melancólico.

  • Sanguíneo – Este temperamento é considerado extrovertido, otimista e impulsivo. Desta maneira sua presença contagia o ambiente, fala bem em público, mostra-se adaptável de maneira que se recupera bem o emocional em situações difíceis e aprende com a vivência; todavia, pode se mostrar impulsivo tomando atitudes pouco pensadas nos momentos importantes da vida.  Esse tipo de pessoa ainda precisa ser menos impulsivo para que não se arrependa depois de suas atitudes. O sanguíneo necessita melhorar a sua superficialidade, falta de atenção e exagero em seu comportamento.

Pontos Fortes – são comunicativos, resilientes, adaptáveis e entusiastas.

Pontos Fracos – impulsividade, falta de atenção, superficialidade e exagero.

  • Fleumático – Este temperamento se mostra dócil, sonhador e pacífico, enxergam a vida sempre de forma positiva. Sendo assim, são confiáveis e equilibrados, prezam a rotina, o silêncio e raramente perdem o controle, porque costumam avaliar a situação antes de reagir. Sempre pacientes, observadores e disciplinados, preferem não manifestar suas opiniões em público e não costumam reagir bem às críticas. Os fleumáticos são resistentes às mudanças, porque isso pode retirar algo do controle. Acabam se tornando indecisos em alguns momentos.

Pontos Fortes – são equilibrados e confiáveis.

Pontos Fracos – resistência às mudanças, lentidão e indecisão.

  • Coléricos – Este temperamento se mostra o mais selvagem entre todos, porque se trata do temperamento explosivo e agressivo. Os indivíduos detentores deste temperamento são com frequência dominadores e ambiciosos. Embora, sejam enérgicos, façam planejamentos e são determinados, também possuem impulsividade no modo de agir.

Pontos Fortes – determinação, habilidade de liderança e praticidade.

Pontos Fracos – egocentrismo, intolerância e impaciência.

  • Melancólico – Este temperamento é considerado solitário, tímido e artístico. É sensível com suas emoções, são detalhistas graça à sua parte introvertida. Todavia, carregam grandes dificuldades em expor suas emoções e sentimentos aos outros, se mostrando sempre distante. Costuma ser fiel em que acredita, quando ferido sofre porque não acredita que aquele fato aconteceria. Acabam se tornando inflexíveis, pessimistas e egoístas.

Pontos fortes -lealdade, dedicação e sensibilidade;

Pontos fracos – egoísmo, pessimismo e inflexibilidade.

É válido esclarecer que mesmo que o indivíduo possua características predominantes de um temperamento pode conter traços de outro. Sendo assim, pode ter um temperamento mais dominante e outro mais secundário, de modo a fundir vários traços. Temperamento não é destino é maleável e pode ser modificado ou aprimorado. Exercitar hábitos saudáveis, estar aberto ao aprendizado, controlar e canalizar as emoções a se tornarem positivas, é entender que o ser humano pode ser sociável em suas sensações, suas emoções e na história de vida.

Referências

COELHO, J. Personalidade, temperamento e caráter. Recanto das letras, disponível em: <http://www.recantodasletras.com.br/artigos/2164599&gt;.

MCBRIDE, R. (2013).Características del temperamento – Sanguíneo, Colérico, Flemático y Melancólico.

PASQUALI, Luis. Os tipos humanos: A teoria da personalidade. 1. ed. Brasília: Copymarket, 2000.

3 comentários

  1. Fico honrada em poder participar dessas informações muito preciosas para minha vida. Lidar com pessoas é lidar com vidas, por isso temos que está conhecendo seus comportamentos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s