Quem foi Ester

Entesouramos segurança, mesmo que sabemos que a segurança nesta vida não tem garantias. Podemos perder as posses, a beleza desaparece, as relações podemvse  romper, a morte é inevitável. A verdadeira segurança, então, deve encontrar-se além desta vida. Só quando nossa segurança descansa em Deus e em sua inalterável natureza poderemos enfrentar os desafios que a vida sem dúvida nos trará.

A beleza de Ester e seu caráter ganharam o coração do rei Asuero e a fez sua rainha. Até nessa posição de privilégio, entretanto, arriscaria sua vida ao tentar ver o rei quando não tinha sido requerida sua presença. Não havia garantia de que sequer o rei aceitasse vê-la. Embora era reinha, ainda não estava segura. Mas, com precaução e com valor, decidiu arriscar sua vida ao aproximar-se do rei em nome de seu povo.

Riscou seus planos com cuidado. Pediu aos judeus jejuassem e orassem com ela antes de ir ver o rei. Logo, no dia escolhido foi ante ele, e o rei lhe pediu que se aproximasse e falasse. Mas em lugar de emitir sua petição diretamente, convidou-o a ele e a Amam a um banquete. Asuero foi o suficientemente ardiloso para dar-se conta de que ela tinha algo em mente. Entretanto, ela sugeriu a importância do assunto ao insistir que assistissem a um segundo banquete.

Enquanto isso, Deus estava trabalhando por de trás do cenário. Fez com que uma noite, já tarde, Asuero lesse os registros históricos do reino e descobrisse que Mardoqueu tinha salvado sua vida com antecedência. Não perdeu tempo em honrar ao Mardoqueu por esse fato. Durante o segundo banquete, Ester contou ao rei sobre o complô de Amam contra os judeus, e Amam foi condenado.

Há uma justiça inflexível na morte de Amam na mesma forca que este tinha construído para o Mardoqueu, e não deixa de chamar a atenção que o dia no qual os judeus iriam ser mortos tornou-se o dia que seus inimigos morreram. O risco que correu Ester confirmou que Deus era a fonte de sua segurança.

Então, pense sobre isto: quanto de sua segurança jaz em suas posses, posição ou reputação? Deus não o colocou em sua posição presente para seu próprio benefício. Colocou-o aí para que o sirva. Como no caso do Ester, pode que isto envolva arriscar sua segurança. Está disposto a permitir que Deus seja sua segurança máxima?

Pontos fortes e lucros :

—        Sua beleza e seu caráter ganharam o coração do rei da Pérsia

—        Combinou valor com um bom planejamento

—        Esteve aberta ao conselho e disposta a atuar

—        Estava mais preocupada com outros que por sua própria segurança

Lições de sua vida :

—        Servir a Deus frequentemente demanda que arrisquemos nossa própria segurança

—        Deus tem um propósito para as situações nas que nos coloca

—        O valor, embora é frequentemente vital, não substitui a planejamento cuidadoso

Dados gerais :

—        Onde: Império persa

—        Ocupação: Esposa do Asuero, rein da Pérsia

—        Familiares: Primo: Mardoqueu. Marido: Asuero. Pai: Abihail

Versículo chave :

“Vê e reúne a todos os judeus que se acham em Suas, e jejuem por mim, e não comam nem bebam em três dias, noite e dia; eu também com minhas donzelas jejuarei igualmente, e então entrarei em ver o rei, embora não seja conforme à lei; e se perecer, que pereça” (Et_4:16).

A história do Ester se narra no livro do Ester.

Fonte: Fonte: Comentários de la Biblia del Diario Vivir.

Deixe um cafezinho! colabore deixando sua oferta de amor, no box ao lado da página

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s