MENINO POETA

Image by Sasin Tipchai from Pixabay

E assim nasceu…
olhos abertos na vida
passos trôpegos no horizonte
visualizando o futuro.
A assim cresceu…
com medo do escuro
bebendo água da fonte
escorrendo poesia na ferida.
E assim viu…
bombas caírem do céu
estrelas queimarem a crosta
terremotos racharem o chão.
E assim caiu…
rosto coberto num véu
corpo lançado á encosta
prostrado, parado coração.
E assim viveu…
embalando trovas, sonetos
redondilhas de amor e vida
ecos de juventude inquieta.
A assim morreu…
esquecido, jogado num gueto
último arquejo na dura lida
apenas mais um menino poeta.

Siga o pastor J. Maurício em suas redes sociais

Avaliação: 1 de 5.

Imagem: Capa: Image by Sasin Tipchai from Pixabay

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s