Por que sou poeta?

Foto por Wallace Chuck em Pexels.com

Sou poeta e quando vou
caminhando pela rua
reconheço a poesia
quando se revela nua
na folha que cai no chão
ou nas nuvens que estão
cobrindo a face da lua

Porque existe poesia
até nas coisas singelas
Mesmo estrelas sem nome
formam imagens tão belas
e as flores sem olor
também mostram o candor
do orvalho descendo nelas

Sou poeta e vejo a beleza
no rio embaixo da ponte
Na aragem sobre o vale
e na alva atrás do monte
quando cobre vagarosa
com sua neblina rosa
toda linha do horizonte

Na aranha quando trama
o mais perfeito crochê
Na abelha que circunda
a flor roxa do ipê
Nos campos onde também
nascem hortências que tem
o formato de um buquê

Sou poeta e me inspiro
na notícia dos jornais
Em sua própria história
Nos temas sentimentais
No teor de outros versos
e em assuntos diversos
que pareçam triviais

O que me leva a ser poeta
é saber o significado
que eu deixo ao leitor
para ser interpretado
Nas poesias que lavro
sempre uso a palavra
com sentido figurado

Sou poeta que versejo
pelo dom favorecido
poesia é minha adega
e meu verso consumido
como um vinho ou ou licor
que não perde o sabor
depois de envelhecido

Por vezes sou artesão
que até por encomenda
com as linhas do estilo
um bordado ou uma renda
vou tramando com empenho
pra fazer o meu desenho
ser melhor que a emenda

Também sou o garimpeiro
buscando a inspiração
na jazida do talento
e se encontro um filão
lapido para o leitor
avaliar o valor
na devida exposição

E quando eu me apresento
no palco da analogia
e consigo transformar
palavras em melodia
com a batuta do estro
Sou poeta, sou maestro
da mais linda sinfonia

Siga o Pastor J. Maurício nas suas redes sociais

Últimos posts do blog

Pense nisto e morra

Nós estamos acostumados a ligar a palavra morte apenas à ausência de vida e isso é um erro.

Continue lendo

Lição 12 Zacarias, o profeta zeloso Adolescentes viver + 2° tri 2021

Zacarias e Ageu profetizaram no mesmo período, com missões semelhantes. Zacarias deveria animar o povo com promessas de vitória tanto para aqueles dias quanto para os dias de glória que viriam. Eles tinham acabado de sair do cativeiro babilônico, onde viveram 70 anos dominados por outra nação. Depois de dezesseis anos de retorno a Jerusalém, o templo continuava abandonado e o povo estava envolvido com seus interesses pessoais. Então Zacarias denunciou os pecados de Israel e trouxe uma palavra de refrigério. Estimulando o povo a servir ao Senhor com fidelidade, pois a vinda do Senhor era certa.

Continue lendo

Lição 12 – João: Jesus como Filho de Deus

A visão de João acerca de Jesus mostra a quarta face vista por Ezequiel, cujo rosto era semelhante a águia. João descreve Jesus como enviado de Deus e enfatiza o título, Filho de Deus. Nesta lição, veremos a importância deste termo no Evangelho de João, bem como na comunidade da época.

Continue lendo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s