A cura da filha da mulher siro-fenícia

A mulher cananeia pertencia a um povo amaldiçoado na visão de Israel, e era considerada impura e pecadora, não fazia parte do povo escolhido. No entanto, ela desafia essa ideologia excludente, vai até Jesus, dialoga com ele, pede compaixão, implora a cura para sua filha, que é atormentada por um demônio.

A angústia e problemas de sua família trouxeram uma mulher a Cristo; e embora seja a necessidade que nos leva a Cristo, não seremos, portanto, afastados dele. Ela não limitou Cristo a nenhuma instância particular de misericórdia, mas misericórdia, misericórdia, é o que ela implorou: ela não implora mérito, mas depende da misericórdia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s